Lançamentos: aposte no escuro!

Postado por - sexta-feira, março 13, 2015


Oi, galera! O post de hoje no MeL é bem especial. E pra ser mais temático ainda, óbvio que está sendo feito em uma sexta-feira 13 ! Venho trazer a vocês três lançamentos imperdíveis tanto para você, que é fã do gênero de terror, quanto para você que tem bom gosto. Porque sinceramente, se você olhar para os livros da DarkSide  e me disser que não gosta deles, deve faltar-lhe bom senso. Não, não estou puxando saco: quem conhece sabe o exímio cuidado que eles têm com a diagramação, as capas lindas que sempre conseguem nos trazer e, o mais importante, tanto quanto a gente, a Dark ama capa dura! Esses três livros que iremos conhecer mais abaixo não são diferentes, vamos? 





Ok, ok. Erga a mão quem não conhece Sexta-Feira 13. Viu? Ninguém levantou porque é praticamente IMPOSSÍVEL não conhecer o filme. Mas e o making of, você conhece? Porque é disso que Sexta-Feira 13  [Arquivos de Crystal Lake] trata. Segundo o release da Dark:

 "Você conhece o homem atrás da máscara de hóquei. Há 35 anos, Jason Voorhees é sinônimo de terror. A lenda do assassino foi recontada inúmeras vezes em cinemas poeira, aparelhos de VHS ou em reprises nas madrugadas da TV. Ícone supremo dos slasher films (vá dizer isso pessoalmente para Leatherface, Freddy Kruegger ou Chucky!), Jason tem um currículo imbatível no número de vítimas: 146, desde a última contagem do portal Rotten Tomatoes. Aposto que você sabe tudo sobre ele. Será?
Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake] é o mais novo livro da Coleção Dissecando, série da editora DarkSide® Books que revela os segredos por trás de grandes clássicos do terror, como O Massacre da Serra Elétrica e Evil Dead. O título chega aos leitores em duas versões: Limited Edition (Capa Dura) e Classic Edition.
Em Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake] você vai entender todos os processos de criação, produção e filmagem do primeiro filme, o eterno Sexta-Feira 13, de 1980. Fotos inéditas e centenas de depoimentos dos atores, membros da equipe e de fãs que também se destacaram no mundo do terror. A cada parágrafo, você vai se sentir andando pelos bastidores das filmagens. Leia o que o astro Kevin Bacon, o diretor Sean S. Cunningham, a donzela Adrienne King, mamãe Betsy Palmer e os rivais Wes Craven e Robert Englund têm a dizer sobre esse clássico. Jason permaneceu calado.
David Grove tomou coragem para revirar os corpos empalados a machete, entre outros objetos perfurantes, e encontrou pérolas que os verdadeiros fãs não podem perder por nada. O prefácio é assinado pelo mestre Tom Savini, responsável pela maquiagem e os efeitos especiais de qualquer bom filme sanguinolento que se preze. Incluindo, claro, Sexta-Feira 13.
Leia Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake] e tente não ficar na cabeça com o famoso efeito sonoro que prenuncia a chegada do assassino. Ei, o que é isso atrás de você?"

Especificações Sangrentas 
Você tem a opção de comprá-lo em brochura ou capa dura. Faz parte da Coleção Dissecando. Como já citado, é do autor David Grove, mas a tradução in brazilian ficou por conta de João Marques de Almeida. Esta é a 1ª edição e conta com 320 páginas numa obra com dimensões de 16 x 23 cm. O preço sugerido é de R$ 64,90 para a versão em capa dura e R$ 49,90 para a brochura. O lançamento? HOJE MESMO, 13 DE MARÇO. Corre, galera! Você pode comprar na Saraiva, Americanas ou Amazon.

Sendo franco e direto, se o primeiro Sexta-Feira 13 é o seu filme, você precisa deste livro. Grove não deixou pedra sobre pedra. Em Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake], David Grove revela todos os aspectos deste icônico filme de terror. Para os fãs de Sexta-feira 13, a leitura é obrigatória [...] ao apresentar a trajetória de um diretor e de como ele conseguiu criar uma das obras mais emocionantes do cinema, com altos e baixos, alternando os bons momentos com outros extremamente difíceis.

DEATHENSEMBLE.COM


David Grove é escritor e jornalista. Entre seus livros, estão Fantastic 4: The Making of the Movie, Jamie Lee Curtis: Scream Queen e Making Friday the 13th. Colabora para publicações como The Dark Side, Deathray, Dreamwatch, Fangoria, Film Review, Film Threat, Gorezone, Movie Maker, Rue Morgue, Sci Fi, Shivers.
Ao lado: imagem meramente ilustrativa (e amorzinho).



 


    A Dark também é alta literatura, viu? E agora tem a Evie Wyld, autora premiada, em seu catálogo. E com essa capa linda de morrer e de arrepiar que me apaixonei por ser tão contrastante e apresentar elementos contraditórios. Onde Cantam os Pássaros é um livro pra se ter na estante. Segundo o release da Dark:

"Onde Cantam os Pássaros vem conquistando prêmios literários tradicionais como o Barnes & Noble Discover Award, oferecido pela livraria aos novos autores de destaque, o britânico Jerwood Fiction Uncovered Prize e o mais importante prêmio australiano, Miles Franklin Award, resenhas encantadoras e inúmeros fãs por onde é lançado. Com tramas paralelas, passadas em épocas e hemisférios diferentes, o leitor vai montando um intrigante quebra-cabeça com o que lhe é fornecido por essa autora criativa e, ao mesmo tempo, rigorosamente precisa.
No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.
Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no tempo verbal presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, frio e um ritmo mais desacelerado, paira uma atmosfera absolutamente brutal.
Com uma prosa verdadeiramente excepcional, o estilo da autora reúne tanto clareza como substância e apresenta uma personagem inesquecível, enigmática, trágica, assombrada por um passado inescapável. Uma mulher forte, ainda que tão passível de falhas, erros e equívocos como todos nós. É uma história de solidão e sobrevivência, culpa, perda e o poder do perdão. Uma escrita visceral onde sentimos a presença de tudo, os odores, o vento, o tempo. Nada passa desapercebido.
Onde Cantam os Pássaros é o segundo romance de Evie Wyld – selecionada em 2013 pela revista Granta entre os melhores jovens escritores britânicos da década – e mantém uma pequena e simpática livraria independente no bairro de Peckham, em Londres. A Review Bookshop possui um pequeno jardim, é dog friendly, realiza o Peckham Literary Festival e, claro, vende os melhores livros de grandes e pequenas editoras.
Sua prosa refinada com altas doses de terror psicológico está muito bem representada na edição que a DarkSide® Books entrega a seus leitores em 2015. Ela queria se isolar de tudo e todos, mas agora está cercada pela crueldade do silêncio e a mais pura manifestação da natureza. O ciclo da vida é muito mais assustador quando o fim ecoa dentro de nós. Prepare-se para descobrir uma grande autora, e um livro à sua altura."

Doces (e ambíguas) Especificações 
Ok, mais um livro para a conta. Por que "doces (e ambíguas)"? Ora, porque essa é a realidade do livro! Pareceu-me doce e extremamente fofo no início, até eu ver que a fofura pode ter ambiguidade. Obrigada, Dark, por me levar à falência! Pelo menos o dinheiro gasto será investido, não desperdiçado. Ele está disponível somente em capa dura. É da Evie Wyld, mas a tradução in brazilian é de Leandro Durazzo. Esta é a 1ª edição e conta com 240 páginas numa obra com dimensões de 14 x 21 cm. O lançamento infelizmente é em MAIO DE 2015, meio longe, mas a gente aguenta.

Suspense e melancolia [...] – uma arquitetura narrativa que poderia parecer artificial, não fosse a habilidade magistral de Wyld. Tomado de momentos surpreendentes de leveza e alegria – o humor negro da protagonista, a reverência nada sentimental da autora pelo mundo natural.
THE NEW YORKER


Evie Wyld é inglesa e, como sua personagem em Onde Cantam os Pássaros, viveu parte de sua vida na Austrália. É autora do premiado After the Fire, A Still Small Voice e integrou a edição da revista Granta com os melhores jovens escritores britânicos da década. Onde Cantam os Pássaros é o seu premiado segundo romance, o primeiro lançado no Brasil. Saiba mais em eviewyld.com.






Agora eis um livro que vou amar, ler e reler incontáveis vezes até porque as avaliações sobre a obra em sites gringos como o Goodreads são maravilhosas, das mais positivas. Então já concluí: preciso dele. Quero. Irei tê-lo. E trarei resenha pra vocês assim que possível porque precisarei compartilhar a lindeza desse livro, a começar pela capa, que aviso logo de antemão que receberá nota 20 hahaha Vamos ao release da nossa Dark:

"Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, premiado romance fantástico que a DarkSide® Books traz ao Brasil em 2015, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos. 
Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da Cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás. 
Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva. 
O romance de estreia de Helene Wecker reúne mitologia popular, ficção histórica e fábula mágica, entrelaçando as culturas árabe e judaica com uma narrativa inventiva e inesquecível, escrita de maneira primorosa. 
Golem e o Gênio foi eleito uma das melhores fantasias históricas pelo Goodreads e ganhou o Prêmio da VCU Cabell de Melhor Romance de Estreia."

Especificações mágicas (e inusitadas) 
Esse foi oficialmente o livro pelo qual mais me apaixonei. Todos que acompanham o Me Livrando sabem o amor que nutro pelo gênero fantástico, pela aventura que nos transporta à outros mundos. Golem e o Gênio me pareceu perfeito à primeira vista e tenho certeza que assim o é. Ele também está disponível apenas em capa dura. É da Helene Wecker, com tradução in brazilian de Cláudia Guimarães. Esta é a 1ª edição, 460 páginas numa obra com dimensões de 16 x 23 cm, como Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake]. O lançamento é mês que vem, ABRIL DE 2015, e eu não sei se conseguirei aguentar minha ansiedade. Talvez acabe comprando o e-book em inglês, mas com certeza terei a versão física da Dark porque ela é apaixonante demais com essa capa.


Um passeio místico e profundamente original pelas calçadas de Nova York.
BOOKLIST


Helene Wecker cresceu em Libertyville, Illinois, uma pequena cidade ao norte de Chicago. Graduou-se em Inglês pela Carleton College, em Minnesota. Trabalhou com marketing e comunicação em Minneapolis e Seattle antes de se dedicar à ficção, sua primeira paixão. Em seguida, mudou-se para Nova York, onde cursou o mestrado em Ficção na Columbia University. Vive em São Francisco com o marido e a filha. Golem e o Gênio é o seu premiado romance de estreia. Saiba mais em helenewecker.com.



Então é isso, gente. Esse foi oficialmente o post mais maravilhoso que já fiz até agora. Espero que vocês tenham gostado também! O banner tirei do site da Dark, só substituindo pelos livros que estão sendo lançados. Uma ótima sexta-feira 13 a todos!




Você também pode gostar de:

0 comentários