Top 5 || As Melhores Leituras de 2015

Postado por - quinta-feira, janeiro 28, 2016


Oi, gente! Como vocês estão? 2016 já está aí e nada melhor do que relembrar e recomendar alguns livros que li no ano passado. Fiz uma pequena lista das cinco melhores leituras de 2015, espero que gostem!

5. KING OF THORNS


O segundo volume da Trilogia dos Espinhos se destacou não apenas pela história muito interessante, mas também pelo fato do autor ter conseguido evoluir de uma maneira fantástica. Todos os pontos fortes de Prince of Thorns voltaram com força total e quase todos os pontos negativos foram melhorados. É um tipo de fantasia que nem todo mundo gosta, mas pra quem curte Dark Fantasy essa trilogia é praticamente obrigatória. [Resenhas: Prince of Thorns || King of Thorns || Emperor of Thorns].


Memórias é tudo que nós somos. Momentos e sentimentos, capturados em âmbar, amarrados em filamentos de razão. Tire a memória de um homem e tomará tudo dele. Debaste uma lembrança de cada vez e você o destruirá tão certamente como se martelasse prego após prego em seu crânio.

4. FUNDAÇÃO


A maior obra de ficção científica de todos os tempos não poderia ficar de fora dessa lista, não é mesmo? No primeiro volume da Trilogia Fundação, acompanhamos a ascensão dessa organização. Seguimos a história desde sua idealização, por Hari Seldon, até... bom, não posso contar porque acabaria com toda a graça. Mas posso dizer que Asimov consegue criar as melhores 30 páginas finais de todos os livros que li em 2015. Tudo se amarra de maneira incrível, nada aconteceu por acaso, mesmo que seja um pequeno detalhe. [Ainda sem resenha no blog].



3. AS MENTIRAS DE LOCKE LAMORA

O que falar desse livro? Ele só é engraçado, divertido, incrível... Enfim, eu poderia ficar falando adjetivos até o ano que vem. A série dos Nobres Vigaristas é uma das melhores que li em 2015. Regada de humor, intrigas e reviravoltas (só espere pelo famoso capítulo 10), a história de Locke, Pulga e seus outros comparsas é sem dúvidas uma das melhores no quesito de criação de personagens e do cenário em si. Camorr, cidade onde o livro se passa é um show à parte. Fora os planos para os roubos, que são os mais inusitados de todos hahaha. [Resenhas: As Mentiras de Locke Lamora || Mares de Sangue].


Ora, eu sei sorrir e matar sorrindo. E saudar “Viva” ao que me aflige o coração, e molhar minhas faces com lágrimas fingidas, e adaptar meu rosto a cada situação.


2. MAUS

Uma obra pesada, triste, cruel e extremamente angustiante. Em Maus, acompanhamos a história de Vladek Spiegelman, um judeu polonês, em sua jornada para conseguir sobreviver ao Holocausto da Segunda Guerra Mundial. Por ser um quadrinho, o autor (que por sinal é filho de Vladek) consegue criar metáforas muito interessantes. Além disso, a história também mostra como as pessoas reagem ao sair de tais situações. Os problemas psicológicos posteriores (causados pela guerra) são tão ruins ou até mesmo piores que os que os judeus enfrentaram nos campos de concentração. [Ainda sem resenha no blog]


Não, querida! Morrer é fácil. Você deve lutar pela vida!



1. JURASSIC PARK

Talvez o filme que mais tenha marcado minha infância, afinal quem não é fã de dinossauros? Sem dúvidas, o livro que mais me marcou como leitor. É difícil ser imparcial quando estamos falando de algo que gostamos muito. Mas com certeza Jurassic Park é um livro que merece todos os elogios possíveis. A história é fantástica, os personagens são cativantes e os sentimentos de terror e tensão estão presentes em todo o livro. Afinal, você está preso em uma ilha cheia de dinossauros! Sendo um livro de ficção científica, as metáforas e os questionamentos não poderiam deixar de aparecer, o matemático Ian Malcolm (o melhor personagem, na minha opinião) é o responsável por mostra-los a nós, através da Teoria do Caos. [Resenha: Jurassic Park]


O ser humano pode tentar controlar a natureza, mas isso nunca ocorrerá, estamos sempre à mercê dela.

     

Você também pode gostar de:

0 comentários