Caí na ressaca literária. E agora?

Postado por - terça-feira, maio 23, 2017

Como evitar e se livrar da temível ressaca literária

Ela é o pior pesadelo de qualquer leitor. Tentamos fugir, mas eventualmente vamos cair em suas garras. A ressaca literária nos pega de jeito e não há muito que possamos fazer. Hoje, portanto, quero lhe mostrar alguns meios de amenizá-la.



Resolvi falar sobre este tema porque sei que muitos de meus amigos leitores acabam se aborrecendo com o fato de que, infelizmente, não há remédio para a ressaca literária. Eu mesmo já passei por ela algumas vezes. A última foi nas férias de verão. Li, no fim de janeiro, toda a saga Maze Runner (James Dashner). Tal leitura me deixou exausto, e não consegui sequer pensar em ler outra obra até ontem, quando iniciei 1984 (George Orwell). Mas em que consiste a ressaca literária, afinal?
Ela vem, principalmente, de duas maneiras: logo após você ler um livro tão bom que não consegue aceitar seu fim, ou quando lê muitas obras de um mesmo gênero em sequência. Imagine, por exemplo, que você leu David Copperfield (Charles Dickens), que é, em minha opinião, um livro excelente. Como iniciar outra leitura depois de ter lido algo tão magnífico? Ou então, imagine que fez como eu: em uma semana, leu uma saga inteirinha e o tema ficou saturado. Então você pensa: “caí na ressaca literária. E agora?”
Mas tenha calma, amigo. Estou aqui para lhe ajudar. Listei algumas formas de evitar a ressaca literária. Seguindo estes passos, você dificilmente se deparará com ela.

  • Leia diferentes gêneros. Assim, sua mente não ficará tão cansada de um determinado assunto. Se hoje você terminar um suspense, amanhã comece uma fantasia épica. Depois, vá para um juvenil e, mais tarde, uma ficção científica. Essa rotação vai lhe ajudar a conhecer outras obras, além de não permitir que você fique cansado de um tema específico.
  • Entenda que abandonar um livro não é o fim do mundo. Eu sei, é difícil. Você vê uma resenha, se empolga, vai à livraria e gasta 30 ou 40 reais em um livro que pode não ser empolgante. Depois de tanto hype e de certa quantia de dinheiro ter sido gasta, pensar em abandonar a leitura machuca o coração. Mas você não precisa se desfazer do livro. Deixe-o na estante por mais um ano ou dois. Talvez, com o passar do tempo, seu interesse por aquele tema se intensifique e a leitura possa, enfim, ser concluída.
  • Não se pressione. Se o livro não está bom, deixe-o de lado e comece outro. Quando a leitura não é feita por prazer, mas por pressão, não há motivo para mantê-la. Colocar metas do tipo “volto a ler em uma semana” não funcionará, acredite. Vá com calma e não exija muito de si. Estabeleça um ritmo de acordo com sua capacidade de leitura e só o aumente quando sentir-se pronto para isso. Até lá, pegue seu chá, enrole-se na coberta e leia como se não houvesse amanhã.

Agora imaginemos que você já tenha caído na ressaca. Há cura? Não. Apenas o tempo fará com que você volte a criar interesse pela leitura. No entanto, há como aliviar o problema.

  • Pule para o próximo da fila. Como citei anteriormente, não há motivo para dar continuidade a uma leitura se nela não há prazer. Portanto, gostaria de encorajá-lo a seguir em frente. Dê preferência a livros menores, com temas mais leves. Uma compilação de contos ou crônicas poderia lhe ajudar. Além disso, blogs literários ou sobre qualquer outro assunto podem ser de grande utilidade. No geral, blogs costumam ter textos menores, facilitando a leitura.
  • Dê tempo a si mesmo. Pode demorar, mas você vai voltar a ler. Enquanto isso, coloque seu cronograma de séries em dia, dê aquele gás nos estudos e faça uma bela faxina em casa. Atividades assim lhe ajudarão a esfriar a cabeça.
  • Faça uma releitura. Pegue seu livro favorito, ou algum que traga boas memórias, e comece de novo. Essa nostalgia vai fazer com que, aos poucos, você crie novo interesse pela leitura.

A ressaca pode ser vencida (posso ouvir um “amém”?). Quando voltar a ler, você vai sentir-se arrepiado, entusiasmado, como se estivesse lendo seu primeiro livro. E essa, nós sabemos, é a segunda melhor sensação que existe (porque a primeira é cheirar livros novos).



O artigo “Caí na ressaca literária. E agora?” foi escrito por Lucas Bitencourt.

eBooks Geek: Fantasia e Aventura até 50% off

Você também pode gostar de:

0 comentários